MARABÁ: VÍTIMA TEM SUA CASA INVADIDA E REAGE A TENTATIVA DE HOMICÍDIO.

O Bairro Jardim União, em Marabá, no sudeste do Pará, registrou grande movimento de viaturas policiais na madrugada desta segunda-feira (3) após dois bandidos tentarem matar a vítima dentro da própria casa. O crime ocorreu por volta das 2h na Rua Sebastião, nº 123.

De acordo com a Polícia Militar, que atendeu à ocorrência durante patrulhamento no logradouro público, a vítima Euclimar de Sousa Antunes teve a residência invadida por Joabe Lima Santos e André Luís da Silva Alves, que tentaram matá-lo. O motivo para a invasão e tentativa de homicídio não era claro para a vítima.

Euclimar declarou aos policiais que, durante a invasão do imóvel e diante do risco de morrer, atacou Joabe com um terçado. Foram constatados na casa sinais de arrombamento e luta corporal.

Até aquele momento, nenhum suspeito do crime havia sido encontrado pela polícia. A ocorrência com a vítima foi concluída com a orientação de que ela procurasse a delegacia de Polícia Civil para representar contra os agressores.

Minutos depois, a guarnição militar foi novamente acionada a fim de prestar apoio ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) por conta do esfaqueamento de um homem. Era Joabe Lima dos Santos, que foi socorrido em estado grave para o Hospital Municipal de Marabá (HMM).

Nesse momento, antes de os policiais deixarem o local da ocorrência, populares informaram o paradeiro do cúmplice André Luís da Silva Alves, que estava escondido entre veículos estacionados na área.

Na abordagem, André alegou ter entrado no domicílio da vítima apenas para finalizar uma suposta briga entre Joabe e Euclimar, mas a versão era muito frágil diante dos indícios de participação do suspeito no crime. André apresentava visíveis sinais de embriaguez e confusão mental, sendo conduzido à delegacia com algemas.

Joabe e André devem responder por tentativa de homicídio, crime cuja pena de detenção pode chegar a 20 anos. Ambos se encontram à disposição da Justiça. 

Fonte: (Vinícius Soares/Debate Carajás)

Gostou do conteúdo? Então compartilhe.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *