MASSACRE DE ELDORADO DOS CARAJÁS HOJE COMPLETA 25 ANOS.

Neste sábado, 17 de abril, é marcado por um dos maiores conflitos de terra do Brasil. Há 25 anos ocorria o Massacre de Eldorado dos Carajás. Na ocasião, 19 trabalhadores rurais, que protestavam na PA-150, no trecho conhecido como curva do “S”, foram mortos por policiais militares. Apesar de mais de duas décadas depois do atentado, o Pará é o estado que mais mata pessoas no campo.

Várias varas agrárias foram criadas a partir do Massacre, para ajudar a diminuir os conflitos em áreas rurais. Apesar disso, os números ainda são alarmantes.

Quem ainda sofre com as consequências de um conflito agrário é camponês Batista, morador da zona rural de Parauapebas. Ele é um sobrevivente do Massacre de Eldorado e conta os momentos de terror que viveu durante o atentado.

O acampamento próximo à fazenda Macaxeira surgiu em setembro de 1995. No dia 5 de novembro daquele ano, a fazenda foi ocupada . Em 10 de abril de 1996, cerca de 2.500 sem-terra que estavam acampados na região, junto de outros manifestantes do MST, totalizando 4.221 pessoas , começaram uma marcha de quase 900km até a capital Belém em protesto contra a demora da desapropriação de terras, principalmente dos 40 mil hectares da Fazenda Macaxeira, que consideravam ociosos.
A Polícia Militar foi encarregada de tirá-los do local, porque estariam obstruindo a rodovia BR-155, que liga a capital do estado Belém ao sul do estado.
Fonte: G1

Fonte: G1

Gostou do conteúdo? Então compartilhe.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *