“SERIAL KILLER” DE BRASÍLIA: HOMEM FOGE APÓS MATAR QUATRO PESSOAS DA MESMA FAMÍLIA E ATERRORIZA MORADORES COM NOVOS CRIMES

“Serial killer” de Brasília: Homem foge após matar quatro pessoas da mesma família e aterroriza moradores com novos crimes

As buscas por Lázaro Barbosa Sousa, suspeito de matar quatro pessoas de uma família em Ceilândia Norte e aterrorizar moradores no Distrito Federal e seus entornos, se estenderam pela madrugada desta segunda-feira (14). Já são seis dias de fuga que acumulam outros atos violentos, após o baiano de 33 anos quase ser preso na rodovia BR-070, próximo à cidade de Edilândia (GO), ontem (13). As informações são do Correio Braziliense e do UOL.

Na tarde deste domingo, o foragido furtou um carro em uma chácara de Cocalzinho (GO) e abandonou o veículo, um Corsa vermelho, após avistar um ponto de bloqueio montado pela polícia. No interior do automóvel, foi encontrado um carregador de munições. As autoridades iniciaram uma intensa busca pelas matas, usaram cães farejadores, drones e helicópteros. Funcionários da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), da Polícia Militar (PMDF), da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Polícia Federal (PF) atuam juntos no caso.

PM diz que suspeito fez refém no sábado e baleou três pessoas

Segundo nota divulgada pela PMDF, Souza invadiu a fazenda da família de um soldado da corporação ainda no sábado (12). Lá, manteve um caseiro como refém: “O criminoso (…) quebrou tudo na propriedade, bebeu e fumou maconha. Obrigou o caseiro a fumar também”. Lázaro teria ainda ingerido bebida alcóolica, destruído o carro e cortado os fios de internet. Horas mais tarde, o suspeito invadiu outra residência e baleou três pessoas no local – onde também moravam uma criança e uma senhora, roubando ainda duas armas e munições.

As testemunhas relataram que Lázaro tentou atear fogo na casa, mas não o fez por conta da mulher e da criança. A polícia informou também que sofreu resistência ao chegar na propriedade. “Houve a reação com 15 disparos de arma de fogo na direção dos agentes de segurança”, diz o comunicado. Dali, Souza fugiu para uma mata nas proximidades. Oficiais seguem atrás do suspeito e ocupam dezessete fazendas da região para garantir a segurança da população. “As tropas estão no local fazendo o cerco”, comunicou a PMDF.

Lázaro era acusado de triplo homicídio, até que um quarto corpo foi encontrado. (Foto: Divulgação/Polícia Civil do Distrito Federal)

Quatro pessoas foram mortas em zona rural do DF

Nas redes sociais, Lázaro tem sido retratado como o “serial killer de Brasília”. Isso porque ele é acusado de matar o empresário Cláudio Vidal de Oliveira, 48 anos, e os filhos dele, Carlos Eduardo Marques Vidal, 15, e Gustavo Marques Vidal, 21. Os familiares foram encontrados sem vida na madrugada da última quarta (9), em uma chácara na região conhecida como Incra 9, em Ceilândia, no Distrito Federal. No momento da fuga, a esposa de Vidal, Cleonice Marques, 43, foi sequestrada.

Minutos antes da entrada do criminoso na casa, entretanto, a mulher ligou para o irmão pedindo socorro. O rapaz chegou ao imóvel em pouco tempo, mas se deparou com os corpos estirados no quarto. Cleonice, por sua vez, permaneceu desaparecida por dias, até que o cadáver da mulher – sem roupa e com diversos cortes – foi encontrado na tarde de sábado (12), em um córrego próximo ao Sol Nascente.

Gostou do conteúdo? Então compartilhe.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *